Select Page

BRMC inside: por que o Speed Coaching pode mudar vidas?

BRMC inside: por que o Speed Coaching pode mudar vidas?

Um espaço totalmente dedicado para que novos projetos encontrem mentoria e até mesmo investimento. Na linguagem atual o nome disso é “pitching” e tem feito sucesso em programas como Shark Tank (veja). Há quase cinco anos existe uma área do Brazil Music Conference dedicada à mesma atividade, porém de uma forma mais low profile – estamos falando do Speed Coaching, onde novas ideias encontram especialistas, e os iniciantes têm alguns minutos para perguntar o que quiserem aos profissionais mais bem-sucedidos do cenário.

A conferência da música eletrônica apresenta sua décima edição em Maio de 2018, e mais uma vez, apresenta três rodadas de Speed Coaching. Pra contextualizar como este encontro cara-a-cara pode mudar vidas, falamos com profissionais que já participaram como mentores, e agora dão dicas valiosas para você se preparar para este grande momento da sua carreira:

“O BRMC foi essencial para começar a minha carreira na música eletrônica. Meu primeiro trabalho neste cenário começou justamente no speed coaching, quando Raul Mendes decidiu me dar uma oportunidade de conhecer os eventos dele em Brasília e, mais tarde, me tornar parte da equipe dele. Hoje eu tenho meu próprio negócio, meus próprios canais, minhas próprias redes de contatos e, honestamente, se o BRMC não tivesse proporcionado esta plataforma eu não sei se teria entrado na cena com tanta facilidade, pois assim como muitos que ainda não entraram naquela época eu também não sabia por onde começar. O BRMC meio que tira esse peso das costas porque todos ali estão abertos a trocar figurinhas.”

Rodrigo Airaf, editor-chefe da DJ Mag Brasil

“A dica que eu mais dou para quem estava começando a carreira é estar próximo a núcleos: sejam núcleos de contratantes ou de produtores de eventos da cidade, o importante é estar em contato com pessoas que fazem acontecer.”

Andreia Batista, booker da Braslive Entertainment

“O Speed Coaching é um ótimo espaço para conhecer pessoas. Após uma participação eu mantive contato sim com a pessoa, trocamos ideias no decorrer da conferência, com o intuito de plantar uma semente para o crescimento de uma parceria futura.”

Ary Gloneck – contratante da Field Club e Field Talents

“Quando participo do Speed Coaching, a dica mais frequente é que os iniciantes se vejam como um produto/empresa e passem a cuidar de si como tal, com olhar empreendedor. Do ponto de vista da Comunicação e Marketing, foco dos meus bate-papos, eu sempre sugeri uma análise básica dos 4 Ps de Kotler (Produto, Praça, Preço e Promoção) – a partir daí, abro o ‘P’ de Promoção (Comunicação), busco traçar um diagnóstico rápido e proponho alternativas, como por exemplo o planejamento estratégico para a gestão do conteúdo em Social Media.”

Guigo Monfrinato, Consultor de Comunicação e Marketing especializado no segmento de Música Eletrônica

“Cada edição do BRMC tem várias rodadas de Speed Cocahing. É importante que os participantes estudem o perfil de cada profissional convidado antes de se dirigir a ele, com objetivos muito claros do que ele quer tirar daquele contato com a pessoa. É muito difícil chegar até os profissionais que participam – sempre no final de bate-papos existe uma quantidade enorme de pessoas querendo fazer perguntas, mas nada substitui o contato mano-a-mano. Portanto uma barreira já foi quebrada: o que você vai fazer daí em diante depende apenas de você.”

Bruna Calegari, Publicitária da Hot Content Mídia & Conteúdo

Faça sua inscrição e aproveite essa e muitas outras atividades na 10ª edição do Brazil Music Conference. Garanta seu ingresso aqui.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter - BRMC

Inscreva-se e fique por dentro da indústria da música eletrônica do Brasil e da América Latina

SUCESSO!